Você sabia que os gatos entendem os humanos e também falam

Não faça isso com seu gato 😿

Muitos donos de gatos, até mesmo com anos de experiência, acreditam que entendem perfeitamente o seu gato, mas na verdade não entendem.

Se você acha que o seu gatinho às vezes faz coisas estranhas, é porque você não está entendendo ele direito.

Gatos que não são compreendidos pelos seus donos se sentem tristes, sozinhos e podem até desenvolver depressão felina.

Clique em “Saiba Mais“e veja como ter uma conexão real e profunda com seu gatos! 😻😼🙀

https://bit.ly/Idioma-Felino-Gatos

Quais são os itens essenciais para cuidados de um gatos? Linhapet.com

Quais são os itens essenciais para cuidados de um gato? Linhapet.com

Quais são os itens essenciais para cuidados de um gato?

Os Felinos são por natureza bastante independentes. Após o convívio com os humanos, acabamos limitando a autonomia deles para ficar mais próximo de nossos lares. Com isso criamos um laço forte de amor com esses felinos. Para essa relação de convívio seja saudável, conheça esses itens essenciais de cuidados.

ALIMENTAÇÃO

Alimentação de qualidade e equilibrada é essencial para ter uma boa saúde e vida prolongada do seu gato. Sabemos que a dosagem correta também devem ser seguida, o excesso na alimentação pode causar obesidade, como também ração de baixa qualidade podem causar queda de pelos e entre outros fatores por falta de nutrientes necessário.

ÁGUA

Os gatos não tem hábito de beber tanto água como os cães. Para isso, sempre é bom incentivar-los a beber, pois a água é tão importante para nós como para eles. Os gatos gostam de beber em água correntes. Ofereça um bebedouro com água corrente, além de manter sempre a água fresquinha e motiva mais seu gato estar bem hidratado.

Fonte Bebedouro Automatico para gatos

BRINQUEDOS

Os gatos adoram brincar como toda criança. Por isso, oferecer um brinquedo e ter um momento para brincar com ele, fará vocês terem um convívio mais harmônico.

Brinquedo Arranhador de Parede Escalada para Gatos Linhapet

CAMA

Os extintos felino, adoram descansar nos locais onde se sentem menos ameaçados, normalmente escolhem debaixo do sofá ou nas alturas encima dos armários. Assim eles se sentem mais seguros.

Playground para Gatos com 11 peças

Ofereça um nicho nas alturas ou nicho de mesa.

Casinha para Cães e Gatos Mesa de Canto 43x43x40cm ambientado

CAIXA DE AREIA

É super importante estimular os gatos a usar em bastante as caixas de areia. Quando a gente estimula os gatos a usarem, diminui muito a chance deles fazerem xixi em outros lugares da casa, e demarcar em território e também contribui para a saúde deles. Tenha sempre uma caixa de areia a mais da quantidade de gatos. Exemplo: Tenho 3 gatos, preciso de 4 caixas de areias.

Caixa de Areia para Gatos Linhapet.com

HIGIENE

Os gatos domésticos, que convivem em nossos lares, é recomendado escovar os pelos e dar banho com shampoo apropriados para gatos. Evitando assim a transmissão de parasitas em nossos lares, sempre mantenha limpo e com as vacinas em dia.

PLANTAS

Os gatos adoram as plantinhas, não se assuste se eles invadiram sua horta. Plante gramina ou erva para gatos, assim além ajudar na flora intestinal do seu gato, também ajuda eliminar bola de pelo ingerido durante a higienização do gato.

Grama para Gatos Linhapet.com

AMIZADES

Os gatos em convívio com outros animais de estimação são mais felizes e sociáveis. Se você não tem muito tempo para brincar com seu gato, ofereça companhia com novos amigos.

Cão e Gato

VETERINÁRIO

Para manter a saúde em dia do seu gato, visite com frequências seu veterinário.

Esperamos que estas dicas sejam úteis!

Deixe um comentário abaixo sobre o que achou e compartilhe sua experiência conosco!

comportamento dos gatos

Como entender os comportamentos dos Gatos – Linhapet.com

Como entender os comportamentos dos Gatos

Os gatos possuem um comportamento diferente dos cachorros e muitas vezes não sabemos interpretar o que eles dizem. Nós conseguimos decifrar algumas coisas e vamos falar para você ao longo do texto.

Felinos são muito independentes e difíceis de gostar de alguém, mas quando gostam, demonstram esse sentimento de maneiras diferentes, em sua grande maioria com o rabo, como quando ele levanta o rabinho para você, se ele fizer isso, você já virou o melhor amigo dele.

Quando ele está com medo ou emocionado com alguma coisa, acaba levantando o rabo e tendo contrações musculares. Mas se ele bate o rabo no chão ou sacode, ele pode estar com dores em algum lugar ou estressado e o ideal seria levá-lo em algum médico veterinário, para ter certeza de que está tudo certo.

Se ele está com o rabo eriçado, fazendo com que o rabo faça com que ele seja maior do que parece, pode ser duas coisas, ou ele está muito animado com alguma coisa, ou está se sentindo ameaçado por alguma situação.

Caso o rabo comece a vibrar, quer dizer que ele está feliz por ver você e esperando por alguma coisa que o deixe animado, como um brinquedo novo, por exemplo.

Ao se autodefender, o gato estica o rabo e abaixa a cabeça, fazendo um N, que talvez seja porque está se sentindo ameaçado por alguma pessoa ou situação.

Quando está perto de pessoas das quais não conhece, o felino deixa o rabo inclinado em um ângulo de 45º, e este pode ser um sinal de medo ou agressão também. Mas ainda quando está com medo ou se sentindo culpado, ele pode abaixar o rabo em direção ao chão. E quando está com raiva, fica balançando o rabo de um lado para o outro bruscamente.

Além do rabo, o gato também se comunica bastante pelo olhar, como quando está com as pupilas dilatadas, significa sensações fortes, como alegria, agitação, medo ou agressão. Ou quando ele olha nos seus olhos, significa que ele confia em você.

Já quando se sente seguro ou confortável, ele pisca os olhos lentamente, como se não tivesse pressa para nada e está bem tranquilo com a situação.

Gatos não costumam muito interagir com os humanos, mas quando o fazem, quer dizer que você significa muito para ele.

Eles são bem possessivos, então, se ele chegar a se esfregar em você, ele está marcando o território e você é dele. Se ele cutucar o nariz em você, quer dizer que ele se sente bem seguro quando você está por perto, então acaba demonstrando esse tipo de carinho.

Quando você chega em casa após um dia cansativo e o gatinho vem esfregar a cabeça ou a lateral do corpo na sua perna, ele está te dando boas vindas e te dando um oi. Já quando ele está passando a cabeça em suas pernas, quer dizer que ele te ama e é muito grato pela sua amizade, a mesma coisa quando ele te lambe: ele te considera parte da família.

Quando querem brincar ou estão muito felizes, os gatinhos ficam alternando as patinhas da frente. Empurrar as orelhas contra a cabeça, também é um sinal de que ele está querendo brincar.

E quando ele morde seu cabelo, ele está tentando te limpar, do mesmo jeito que fazem quando se limpam sozinhos, demonstrando que ele gosta de você.

Como dito no começo do texto, os gatos são animais independentes, gostam de ficar sozinhos. E, um desses sinais, é quando ele começa a morder você levemente. Mas quando começa a colocar a língua para fora, quer dizer que está preocupado ou ansioso, e você precisa acalmá-lo com alguns carinhos.

Os miados também querem dizer muita coisa sobre os felinos, afinal, é a comunicação deles, assim como é a nossa fala. Os miados curtos querem dizer que ele está te dando boas vindas e que gostou de te ver. Já os médios, significam que ele está pedindo água ou comida. O miado baixo pode significar que ele está reclamando ou pestes a brigar. Um miado muito alto significa uma exigência urgente, como estar com muita fome. Já o ronronar, normalmente quer dizer que ele está feliz.

Como você pode ver, os gatinhos têm vários comportamentos e é difícil de entendê-los, mas com esse post já deu para dar uma clareada nas ideias para aprender a entender o seu felino. Conta pra gente nos comentários se você já percebeu algum desses comportamentos no seu peludo!

1- Traseiro pra trás remexendo
Gatos balançam o traseiro para se posicionar para um ataque.

2- Rolando para os lados
Está demonstrando submissão ou te convidando para brincar.

3- Levantando o traseiro na sua cara
É um comportamento comum entre gatos, e ele está querendo dizer Olá pra você.

4- Piscar devagarinho
Gatos piscam quando estão contentes ou relaxados. Fechar os olhos lentamente na presença de alguém é um sinal de confiança. Tente piscar lentamente pra ele também, é uma forma de retribuir a confiança.

5- Dormir enroladinho
Além de conservar o calor do corpo, dormir enroladinho dá uma sensação de segurança para os gatos.

6- Sentar em cima das patinhas da frente
Gatos sentam dessa forma para conservar o calor do corpo, e também quando se sentem seguros em um ambiente.

7- Amassar pãozinho
Esse é um comportamento que alguns gatos mantém de quando eram filhotes, e amassavam pãozinho na barriga de suas mães para ajudá-las a produzir leite. Quando seu gato faz isso, é um sinal de que considera você ou o ambiente familiar, ou que está contente ou querendo atenção.

8- Perna levantada
É uma forma mais fácil dele se limpar, e claro: mostrar o quão flexíveis podem ser.

9- Encarar o nada
Gatos têm os sentidos aguçados, então provavelmente ele viu algum inseto ou uma poeirinha voando.

10- Expor a barriga
Expor a barriga na sua presença é um enorme sinal de confiança. Mas não confunda essa posição com aquela em que o gato fica de barriga para cima para se defender de um possível ataque. O comportamento amigável é aquele em que o gato deixa você tocar sua barriga.

11- Dormir em caixas
Gatos estão sempre preocupados em se proteger, e é comum encontrarem proteção em locais pequenos e fechados. Uma caixa é perfeita pra isso.

12- O famoso “abraçar e morder”
Morder e arranhar não é necessariamente um final de agressão, mas pode ser também de brincadeira.
Gatos esquecem que nós humanos não temos pelos para nos proteger de seus dentes e garras.

13- Fazer barulhos estranhos para pássaros ou insetos
Esse é um som que os gatos fazem quando estão se concentrando em um alvo para caçar. Frequentemente também fazem esse som de frustração por não conseguirem alcançar o alvo.

14- Sentar no seu notebook
Gatos adoram lugares quentinhos. E claro: é uma forma de chamar sua atenção.

15- Sumir de vista
Gatos são ótimos no esconde-esconde, e quando querem ficar sozinhos e dormir sem distrações, encontram sempre um cantinho escondido para ficarem. Mas seja paciente, eles sairão uma hora ou outra.

Gostou dessas 15 DICAS DO COMPORTAMENTOS dos Gatos?

Aproveite também para Aquirir o Guia Completo Idioma Felino?

ou em até 12x de R$8,83

Isso é menos de R$0,25 por dia, o valor de um chiclete!

A atividade sexual dos gatos é regulada única e exclusivamente pela atividade hormonal

A atividade sexual dos gatos é regulada única e exclusivamente pela atividade hormonal

UTILIDADE PÚBLICA PARA DONOS DE GATINHOS!
⠀⠀ ⠀
A atividade sexual dos gatos é regulada única e exclusivamente pela atividade hormonal. Não tem o apelo emocional como o ser humano. Não existe prazer para nenhum dos dois!
⠀⠀ ⠀
O pênis do gato possui pequenos espinhos, que servem para sangrar a vagina da fêmea, pois o espermatozoide do gato só sobrevive em meio sanguíneo.
ISSO MESMO QUE VOCÊ LEU: Os espinhos do macho arranham e sangra o canal da vagina da fêmea. A dor e o sangramento estimulam a ovulação na fêmea.
⠀⠀ ⠀
Quando o macho é castrado cedo, os espinhos não cresce ou reduzem bastante. Os espinhos se formam em resposta a um estímulo hormonal. Uma vez castrado, os níveis hormonais do macho caem e os espinhos não crescem.
⠀⠀ ⠀
A primeira imagem mostra o órgão genital de um gato macho que não foi castrado e a segunda mostra o de um gato que foi castrado (não existe espinhos).
⠀⠀ ⠀
O gato tem que brigar com outros gatos pela fêmea, e após muita briga, gritaria, arranhões, machucados e mordidas, ele vai até a fêmea que o aceita por causa do cio, induzido pelos hormônios. Ele morde a fêmea pela nuca, para imobilizá-la e introduz o pênis espinhoso. Ela grita de dor, não de prazer. E ele a segura para que ela não se mova, e possa, assim, perpetuar a espécie. Quando a solta, ele ainda apanha dela.
⠀⠀ ⠀
Todo esse estresse é dirigido pelos hormônios que não têm a menor consciência de que a espécie sofre com a superpopulação. O gato chega em casa (quando tem casa) todo machucado das brigas, e possivelmente não está nada feliz com essa situação, mas não pode evitar. Por isso é mais comum gatos sumirem da casa. Eles ficam tão atordoados que esquecem até onde eles moravam.
⠀⠀ ⠀
Além de ter “engravidado” uma gata de rua (ou que tem dono, mas que não a castrou) e não termos certeza do paradeiro dos futuros filhotes, ele ainda pode ter contraído ou transmitido inúmeras doenças graves de/para outros gatos.”
⠀⠀ ⠀
Enquanto isso a gatinha volta para casa, passa meses, grávida, amamentando, cuidando dos filhotes. Para serem tirado delas pois afinal, um gatinho na casa já está bom! Então os gatinhos filhotes acabam sendo abandonados.
E em menos de 6 meses tudo se repete.

Quem ama, castra! 🐈